Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Caxambu, domingo, 16 de junho de 2024 Telefone (35) 3341-0742

Atendimento Atendimento: Horário de Atendimento ao público: 8:00 ás 17:00

Domi
16/06
Parcialmente Nublado
Máx 26 °C
Min 11 °C
Índice UV
5.0
Segu
17/06
Parcialmente Nublado
Máx 24 °C
Min 11 °C
Índice UV
5.0
Terç
18/06
Parcialmente Nublado
Máx 24 °C
Min 10 °C
Índice UV
5.0
Quar
19/06
Parcialmente Nublado
Máx 25 °C
Min 12 °C
Índice UV
5.0

Cronologia

1747 » Estácio da Silva, morador da Fazenda Caxambu, pede permissão para construir capela em suas terras e obtém provisão em 1748.


1759 » Caxambu é povoado, um bairro de Baependi, de acordo com registro no livro de óbitos daquele município.


1762 (ou 1772) » Data citada no livro Baependi, de José Alberto Pelúcio, como da descoberta das fontes, segundo lembrança de Teixeira Leal, em 1842.


1814 » Primeiras notícias sobre o descobrimento das águas.


1844 » Feliciano Germano de Oliveira Mafra desbrava a mata, encontra 3 fontes e começa a povoação do local onde hoje fica a cidade.


1849 » Cura do vigário de Barbacena, que repercute por toda a província. A partir dessa data uma série de personalidades conhecida na época visita Caxambu para se tratarem de doenças e começa a crescer a fama do lugar.


1864» João Constantino faz uma casa de banhos sobre fontes que brotavam no lugar ocupado, hoje, pela fonte D. Pedro – Livro de H. Monat.


1868 » Chega a Caxambu a princesa Isabel, seu esposo Conde D’Eu e uma comitiva, atraída pela fama das águas. A princesa buscava a cura de uma suposta infertilidade. Ficam durante um mês, partindo em 17 de dezembro. Lançada, em novembro, pela princesa Isabel, a pedra fundamental da Igreja Santa Isabel da Hungria, com a promessa de sua construção, caso a herdeira engravidasse.


1873 » Construção da estrada “zig-zag” que leva ao topo do morro Caxambu, realizada com recursos de moradores e freqüentadores da estância.


1886 » É organizada a Cia. das Águas Minerais de Caxambu e Contendas, sob a presidência do Barão de Maciel, tendo como diretores o Dr. Polycarpo Viotti e o Cel. Alexandre Pinto. Entre 1886 e 1890 foram feitas as seguintes obras no Parque, pela Cia. das Águas Minerais de Caxambu: captação das fontes, montagem de “chalets” (Viotti, D. Pedro, Princesa Isabel); construção do Estabelecimento Balneário; retificação o Bengo em 2 Km; ajardinamento, arborização e gradil do parque; montagem do Hotel da Empresa, na chácara do Cel. Theodoro de Carvalho.


1891 » Implantação da via ferroviária em 15 de março.


1891 » Confirmação em 14 de setembro, por lei estadual nº 02, da criação do distrito de Caxambu.


1893 » Realizada a análise das águas, por uma comissão de químicos da Academia Nacional de Medicina.


1897 » Inaugurada, em 19 de novembro, a Igreja de Santa Isabel da Hungria.


1901 » Decreto datado de 16 de setembro cria a Vila de Caxambu, desmembrada do Município de Baependi.


1903 » As águas de Caxambu ganham Medalha de Ouro na Exposição Internacional Victorio Emanuelle III, em Roma.


1904 » As águas de Caxambu ganham Medalha de Ouro na Exposição Internacional de Saint Louis, nos EUA.


1910 » A Empresa de Lambari, Cambuquira e Caxambu recebe diploma de honra na Exposition Universelle de Bruxelles, pelas águas da Fonte Intermitente (Beleza).


1912 » Data inscrita nos vitrais do Balneário e alguns projetos de pavilhões das fontes, vindos da Bélgica.


1913 » Data inscrita no coreto da Praça 16 de Setembro – provavelmente de sua construção


1915 » O município é elevado à categoria de cidade em 18 de setembro


1918 » Trabalho de Francisco da Silva Reis, o Chico Cascateiro, no Parque.


1919 » Inaugurada, em março, a iluminação elétrica do Parque. Visita de Rui Barbosa à cidade, na qual afirma: “Visitei, percorri, desfrutei por um mês, com admiração e encanto, o Parque das Águas, a organização do seu serviço, o sistema de exploração de seus produtos. É a medicina entre jardins de uma florescência deslumbrante (…)”.


1928 » Realização do Congresso das Estâncias Hidrominerais em Cambuquira. Durante este ano, o Parque das Águas foi visitado por um total de 13.391 pessoas.


1937 » Visita de Getúlio Vargas à cidade para inauguração da estrada de rodagem Areias-Caxambu.


1943 » Projetos paisagísticos para reforma do Parque.


1949 » Demolida a torre meteorológica. O seu relógio é transferido para o prédio do balneário


Roteiros

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

HORÁRIO DE ATENDIMENTO:

Horário de Atendimento ao público: 8:00 ás 17:00

SIGA NAS REDES SOCIAIS

FacebookInstagramYouTube

CONTATO

Rua José Carlos Levenhagen Mello, 78
Centro
Caxambu - MG
CEP: 37440-000
Telefone: (35) 3341-0742
E-mail: turismoecultura@caxambu.mg.gov.br

Ver Localização

Versão do sistema: 2.0.0 - 14/06/2024

Portal atualizado em: 27/05/2024 18:31:15

Turismo & Cultura de Caxambu - MG.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.